domingo, 15 de março de 2009

Sérgio Rodrigues


Sérgio Rodrigues, nasceu em 1927 no Rio de Janeiro.
1947 - Ingresso na Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade de Brasil. Diplomado em 1952 pela Faculdade Nacional de Arquitetura no RJ (atual F.A.U. – UFRJ).
Arquiteto, tornou-se um grande designer de móveis, e foi pioneiro em tornar o design nacional conhecido mundialmente com uma linguagem própria e bem brasileira.
1953 - Criou a Móveis Artesanal Paranaense, a 1° loja de arte e mobiliário moderno em Curitiba em sociedade com os irmãos Hauner (designers italianos).
1954 - Convidado para chefiar o departamento de criação de arquitetura de interiores da Forma S/A. (São Paulo) recém-inaugurada.
Fundou em 1955 a indústria Oca, nome que define uma intenção: retomar o espírito da simplicidade da casa indígena, integrar passado e presente na cultura material brasileira.
A Oca, instalada inicialmente no Rio, na praça General Osório, em Ipanema, foi criada como um estúdio de arquitetura de interiores, ambientação, cenografia e componentes de decoração, além de galeria de arte. Surgiu quase que em decorrência da excelente fase que se passava a arquitetura nacional, "quando o Brasil era moderno", como muito apropriadamente se refere a ela Lauro Cavalcanti em seu livro.
Entre estudos, projetos e consultoria para projetos de interiores, foram criadas nesse período peças que se tornaram clássicas, como por exemplo: a cadeira “Lucio Costa.
1959 e 1960 Primeiros estudos do SR², sistema de industrialização de elementos modulados pré-fabricados para construção de arquitetura habitacional em madeira.
Exposição no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, a convite de sua diretoria, do protótipo SR².
Projetos, a convite do Itamarati para a criação especial de mobiliário para as embaixads do Brasil em Roma, no Palácio Dória Pamphilii, junto ao Quirinal, a Santa Sé e o consulado brasileiro.
Participou, a convite do então Governador Carlos Lacerda, do “4° Concurso Internazionale Del Mobile” em Cantú (Itália), com uma poltrona de grande conforto, baseada na poltrona Mole de 1957.
O primeiro prêmio obtido com este produto num concurso entre mais de 400 convidados de 35 países, colocou o Brasil em posição de destaque no cenário mundial de design.
A indústria “ISA”, de Bergamo, a produziu e exportou para diversos países, com o nome de “SHERIFF”.
Em 1968 montou seu próprio atelier no Rio de Janeiro, desenvolvendo linhas de móveis para produção industrial, projetos de arquitetura e ambientação para hotéis, residências e escritórios, bem como sistemas de casas pré-fabricadas.
Desligamento da OCA, projetos de cenografia para TV e teatro. Ambientação de Restaurantes, Boites e Clubes.
1969 - Arquitetura de interiores, ambientação, mobiliário e decoração de residências apartamentos do presidente, diretores e funcionários do BANCO CENTRAL em Brasília.
MOBILIÁRIO BRASILEIRO – Premissas e Realidades – MASP-SP.
Projetos executados para casas de Praia e campo.
No início dos anos 70, começou a dar mais atenção à madeira de reflorestamento, pois se sentiu meio culpado pela extinção do Jacarandá. Teve contato com madeiras alternativas, experimentou o Eucalypto e, por indicação de amigos, descobri o Lyptos - híbrido das 600 espécies do Eucalypto.
1973 a 1979 - Formação da firma Sergio Rodrigues Arquitetura Ltda.
Modelos especiais para o Teatro Nacional de Brasília.
Linhas de móveis para produção industrial.
Projetos de arquitetura de residências, hotéis, escritórios.
Prêmio no I.A.B/R.J. com a poltroniha KILIN.
1980 a 1989 Projeto de mobiliário e ambientação para hotéis (cinco estrelas) em São Paulo e Cuiabá, restaurantes, residências etc.
O DESIGN NO BRASIL – HISTÓRIA E REALIDADE – SESC POMPÉIA SP.
Revitalização do Sistema SR² de casas pré-fabricadas.
Em Buenos Aires recebe o prêmio “LAPIZ DE PLATA” pelo conjunto de sua obra.
Exposição no Museu da Casa Brasileira (São Paulo) apresentando 20 modelos de cadeira.
Exposição Tradição e Ruptura no Ibirapuera (São Paulo).


Links importantes:
http://www.sergiorodrigues.com.br/
http://www.cadonato.com.br/pgobjsrodr.html
http://www.arcoweb.com.br/entrevista/entrevista49.asp
http://www.artnet.com/artist/424496529/sergio-rodrigues.html
http://taste.uol.com.br/news/templates/noticia.asp?idNoticia=1941
http://www.dpot.com.br/
http://veja.abril.uol.com.br/vejarj/140307/perfil.html

4 comentários:

Letícia e Tehs disse...

oi cris, obrigada amiga.
bom te ver por lá. tenho acompanhado seu blog tbm. mto bom hein, quero essas fontes..rsrsr

Jussara Gehrke disse...

oi Cris!

sabe que eu tive 2 poltronas Kilim do Sergio Rodrigues, e nem te conto o que aconteceu! (uma pena)

é uma longa história, qualquer hora faço um post pra contar, só ficaram as fotos delas, tão lindas e confortáveis!...

vc mandou email que tinha selinho, não achei...rs

o blog está bárbaro, parabéns!

bjs
Ju

Jorge disse...

Cris Bom dia caracas esse Sérgio Rodrigues é fera mesmo hein, parabéns a ele e parabéns a vc por nos disponibilizar essas informações sobre arquitetura no seu blog.
Bom com certeza essas poltronas devem ser bem caras hein...rssss...

Um abraço e boa semana.

Bjsss

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

erica disse...

Olá!
Me chamo Érica e tenho muito interesse em conhecer mais sobre a Oca.
Será que você poderia me ajudar?
Obrigada e inté.